Leonardo Magalhães || Portfolio

Blog

Rastreamento do Google Analytics de sites com páginas únicas

Rastreamento do Google Analytics de sites com páginas únicas

Rastreamento do Google Analytics de sites com páginas únicas



Hoje em dia, existe uma tendência para criação de sites apenas com uma única página, como o meu por exemplo. Têm mais informações na página do que a mais regulares e diminuem o número de páginas que o usuário precisa carregar. Uma das desvantagens é que esses sites podem possuir altas taxas de rejeição.

Por que as taxas de rejeição são altas?

Toda pessoa que chega ao seu site é rastreada pelo Google Analytics (abreviado como GA). O GA usa "eventos" para acompanhar os movimentos dos usuários em seu site. Quando uma pessoa vai para outra página, um novo evento está sendo enviado para o GA para rastrear o usuário. Quando alguém visita apenas uma página, o GA registra isso como uma punica visita, uma vez que houve apenas um evento em seu site.

Quando você tem um site de uma página, você provavelmente não considera que uma pessoa esteve em seu site, lê todo o conteúdo e depois sai. Talvez tenha encontrado um número de telefone, um e-mail ou encontre tudo o que estava procurando.

Como rastrear?

O truque para o rastreamento correto é usar eventos extras para que o GA veja mais ações do usuário do que apenas uma visita. Isso pode ser feito de várias maneiras, dependendo do objetivo do seu site. Leia as seguintes partes e decida por si mesmo o que é relevante para o seu caso.

Acompanhe usuários com mais de x segundos no seu site

Quando você tem muita informação sobre os usuários do seu site, posse ser que leve algum tempo para o usuário terminar de ler. Assim que terminaram, eles podem sair. Você pode configurar um cronômetro em sua página que envia um evento para o GA para dizer que eles foram mais longos, digamos 30 segundos em seu site. Use o seguinte código para rastrear esses usuários após 30 segundos, eu recomendo que ele coloque no código de rastreamento original logo após o ga ('send', 'pageview');

setTimeout("ga('send', 'event', { eventCategory: '30 segundos na página', eventAction: 'Read' })", 30000);

O 30000 é o número em milisegundos. Edite de acordo com sua preferência (segundos * 1000).

 

Rolagem

Outra opção é rastrear a rolagem do usuario. Ao invés de utilizar o menu para rolar, ele pode simplesmente utilizar o mouse. Você pode usar o seguinte código para rastrear a rolagem do usuario. Você pode substituir o número de pixels por sua vontade.

var runned = false;
$( window ).scroll( function() {
  if ( $( document ).scrollTop() >= 250 && runned == false ) {
    ga('send', 'event', { eventCategory: 'Scrolled 250px', eventAction: 'Scroll' });
  runned = true;
  }
});

 

Rastreamento dos Cliques

Uma outra maneira de rastrear eventos do usuário é por cliques. Isso pode ser cliques em abas, links, botões, o que você quiser. Basta utilizar o sequinte código:

<a href="#seu-link" onclick="ga('send', 'event', { eventCategory: 'Seu Link', eventAction: 'Click' })">Link</a>

 

Conclusão

Estas três opções são uma boa maneira de rastrear os visitantes do seu site. Isso lhe dará melhores estatísticas sobre sua taxa de rejeição e o envolvimento de seus visitantes. O que você usa depende da sua decisão sobre o que você considera necessário para o rastreamento. Essas opções funcionam muito bem no site de uma página e até mesmo em sites com mais páginas. Quando você implementa isso, não há dúvida de que suas taxas de rejeições irão sofrer um mergulho.

Voltar para o blog